Segunda-feira, 7 de Fevereiro de 2011

As deslocações ás antas e ao Bonfim.

 

Muito já se falou ácerca do jogo das antas para a Taça de Portugal e ficou pouco por dizer.

Mas o que ficou por dizer é tão ou mais importante do que o que já foi referido vezes sem conta na Gloriosasfera, ou seja, não podemos deixar de referir a vergonhosa exibição de Paulo Baptista especialmente após o intervalo numa situação que já nos demos conta inúmeras vezes, ou seja, os árbitros são contactados ou contactam ao intervalo com "algo" ou "alguém" quando estão expressamente proibidos de o fazer.

A perseguição que neste momento está a ser feita ao Fábio Coentrão é totalmente elucidativa de que o "polvo" continua activo e sempre presente nas actuações dos árbitros nos jogos do Glorioso (e não só), pois aquele segundo amarelo só podia ser mostrado num sitio (antas) e a um jogador de uma equipa que jogasse nesse campo (o Benfica).

Será o próprio Vitor Pereira que telefona aos árbitros nos intervalos dos jogos do Benfica ?

Parabéns à nossa equipa pela lição de futebol jogado naquele antro de corrupção, pois mais uma vez além de ter de jogar em inferioridade numérica, de ter sido recebida como habitualmente é naquele antro mal cheiroso e mal frequentado, de ter de jogar também contra uma equipa de arbitragem com tiques de esquizofrenia, conquistou brilhantemente uma vitória incontestável contra tudo e contra todos.

Foi visivel o mau-estar que a exibição do Benfica provocou nos "todos-poderosos" do futebol português actual através de imagens em directo, pois o corrupto-mor encheu tanto a fralda que até o "oliveirinha", que apesar de já estar bastante habituado a ambientes atmosféricos com elevada percentagem de metano, mostrou nitido desconforto na tribuna presidêncial da etar de contumil.

Uma das consequências do resultado deste jogo, e que tanto me tem feito rir, são as declarações do actual treinador dos corruptos assumidos condenados. Já repararam como ele agora "pia" baixinho ? Continua a falar mais do Glorioso do que da sua própria equipa, mas já sem aquela arrogância com que se fez notabilizar até então, parece que lhe puxaram as cuecas até ao pescoço.

O Fábio andava a precisar de uma exibição destas, vamos ver se aproveita o reforço anímico para voltar ao seu pico de forma.

Passando ao jogo do Bonfim, que já se adivinhava como trabalhoso (e não difícil como querem fazer hoje crer).

Vamos por partes. Adivinhava-se trabalhoso porquê, pergunta o leitor.

Comecemos pelo treinador dos sadinos, alguém que antes de fazer, pensar ou preparar o que quer que seja na sua vida, odeia o Benfica. O seu único objectivo na vida é parar o Benfica seja como for.

Como se reflectiu isso dentro de campo ? Bastou ver a equipa apresentada pelo "cigano" num jogo em "casa", sem avançados numa espécie de táctica 5x5 em que os únicos jogadores com alguma capacidade ofensiva eram o cláudio "salsicha" e o asqueroso do neca, tudo preparado apenas para defender e nos poucos momentos de posse de bola, a ordem dada era o pontapé 50 metros para a frente. Enfim, ridículo, mas não se esperava outra coisa do "cigano".

Chegamos agora á outra parte interveniente no jogo por parte dos sadinos. Os jogadores que o "cigano" fez alinhar. Qual o critério para a sua escolha ? Fácil. 1º procurar no plantel quem possa ter ódios pessoais relativamente ao Benfica. Hugo (des)Leal, Miguelito e Ricardo Silva (um misto de corrupto assumidos condenado com o boavista do major).

2º jogadores que sabem pela sua experiência de anos e anos de futebol português sob o dominio absoluto da corrupção por parte dos corruptos assumidos condenados, como "sacar" pontos ao Benfica devido ás arbitragens "sui generis" que são a norma nos jogos que efectuaram contra o Benfica usando estratagemas como mergulhos sistemáticos, provocações repetitivas aos jogadores do Benfica, pressão imediata e constante sobre a equipa de arbitragem. Exemplos ? Neca (o seu sonho era ser mergulhador olímpico) mas acabou como (mau) jogador de futebol (alguém sabe se este jogador foi titular em mais algum jogo do Setúbal sem ser nos jogos contra o Benfica?), Ney que andou durante todo o jogo a distribuir pancada, a ofender sistemáticamente os seus colegas de profissão e inclusivamente a equipa de arbitragem conseguindo curiosamente ver apenas um cartão amarelo, Valdomiro que passou o jogo todo a provocar Cardozo e a distribuir "mocada" pelos jogadores do Benfica, este jogador que era aclamado pelos "brilhantes" jornalistas e "isentos" comentadores da SportTV durante todo o ano passado como de melhor central do mundo e galáxias vizinhas e que pelos vistos efectuou a transferência da sua vida ao mudar-se para Setúbal.

Com tudo isto, o Setúbal veio para dentro de campo como se fosse o último jogo da sua vida, com os seus jogadores a darem tudo o que tinham e não tinham na 1ª parte, mas o que efectivamente se passou dentro de campo não foi, nem de perto nem de longe, o que já hoje li nos media avençados e nalguns blogs supostamente Benfiquistas que teimosamente ainda se deixam levar por este tipo de "jornalismo" avençado ao poder da corrupção e totalmente parcial na sua insistência de prejudicar o maior clube de futebol português, o Sport Lisboa e Benfica, pois a equipa do Benfica dominou durante todo o encontro devido á sua táctica aliada ao vituosismo, concentração e entrega dos seus jogadores. Foi a única equipa a entrar em campo com o objectivo de vencer este encontro, foi também a única a criar objectivamente ocasiões de golo. Golo esse que acabou por surgir no fim dos primeiros 45 minutos onde um cruzamento do lado direito sobrevoando quase toda a largura do campo por parte de Saviola (e não Sálvio como os jornalistas avençados referem erradamente em uníssono) vai parar exactamente ao pé esquerdo de Nico que remata de primeira colocadíssimo para a baliza do Setúbal marcando assim um grande golo premiando a sua excelente desmarcação pelo lado esquerdo do ataque do Benfica bem como a fabulosa assistência de Saviola.

Que grande golo.

Na 2ª parte, deu-se a tal transformação do Paulo Baptista que se estendeu aos seus auxiliares.

Os media avençados referem em uníssono que o Setúbal entrou muito forte na 2ª parte criando de imediato ocasiões de golo.

Perante tal barbaridade, vejo-me obrigado a relatar aqui a verdade dos factos, pois este é o objectivo deste blog, proporcionar uma visão isenta e verídica dos factos ocorridos durantes os jogos onde o Glorioso actua.

Tudo começa numa normal disputa de bola junto ao meio campo entre Cesar Peixoto e 2 jogadores do Setúbal, onde um dos jogadores do Setúbal pontapeia a bola contra o pé de Cesar Peixoto tendo esta ressaltado na relva e ido embater de raspão na mão do jogador Benfiquista, sendo por isso um lance perfeitamente casual e onde o jogo deveria de ter continuado sem qualquer interrupção.

Mas eis que Neca e Ney fazem uso de todas as suas qualidades como futebolistas, ou seja, dirigem-se de imediato ao fiscal de linha que estava junto do lance em protestos tão absurdos como exagerados e Cosme Machado interrompe o jogo. Duvido que alguém tivesse pensado que Cosme machado interrompeu o jogo para marcar uma suposta mão intencional ao Cesar, mas sim para mostrar o respectivo cartão amarelo aos 2 jogadores do Setúbal pela sua conduta antidesportiva. Mas foi o fiscal de linha que, completamente a pedido(!), assinalou a suposta infracção de Cesar, que além de ter sido um lance casual só foi perceptível na 2ª ou 3ª repetição que a SportTV mostrou.

A consequência de todo este alarido, incompetência e práticas antidesportivas por parte da equipa de arbitragem e dos jogadores do Setúbal, foi um livre a favor do Setúbal que resultou num remate de recarga de Cláudio para defesa de Roberto e onde ainda outro jogador do Setúbal efectuou nova recarga para nova defesa de Roberto apesar de o jogador do Setúbal estar em nítido fora de jogo, e que tal até foi assinalado.

Isto que referi acima é o que os jornalistas avençados referem como entrada forte do Setúbal na 2ª parte, um lance de algum perigo originado por uma falta que o fiscal de linha fez questão de assinalar independentemente de não ter existido.

Com o passar dos minutos, deu-se aquilo que se esperava, ou seja, o início de raiva dos jogadores do Setúbal a fazê-los pagar caro pois era nitido o "estouro" fisico dos mesmos a cada minuto que passava.

E o Benfica continuava a jogar serenamente, ao mesmo ritmo, com inteligência técnica e táctica, criando sitemáticamente ocasiões de golo dominando por completo as operações, apesar de ter jogado a meio da semana na etar de contumil.

Jesus apostou em render Aimar e Saviola por Carlos Martins e Franco Jara dando assim a machadada final no jogo, pois com 2 elementos frescos no meio campo frente a uma equipa nesta altura já de gatas, teve como consequência o 2º golo do Benfica numa óptima jogada de ataque entre Franco Jara e Maxi Pereira, com Maxi a cruzar da direita para o coração da àrea do Setúbal onde Jara em remate acrobático (bonito e eficiente) marca um belo 2º golo para o Benfica.

Ainda houve tempo para fazer descansar Cesar Peixoto, aproveitando Airton para somar minutos no campeonato.

Vitória justissima e incontestável do Benfica nesta deslocação a Setúbal.

Gostei muito das declarações pós-jogo de Luisão e de Jesus. Ambos foram peremptórios em afirmar que, se a equipa do Setúbal exibisse este nível de entrega em todos os seus jogos, não se compreendia a sua actual classificação no campeonato.

Tantas e tantas vezes que já o tinhamos referido aqui no blog, e não apenas relativamente ao Setúbal.

Pessoalmente, vou ficar atento ao próximo 11 do Setúbal na próxima jornada ...

Quanto à SportTV e aos seus comentadores/"jornalistas", Miguel Prates fez o nojo que lhe é habitual, ou seja, elogiar a equipa adversária do Benfica do principio ao fim bem como todos os seus jogadores.

Mas o pior mesmo foi o José Carlos, comentador convidado e ex-jogador do Benfica, antigo lateral direito e nitidamente o elo mais franco da equipa da altura.

Ó José Carlos ... o Benfica não merecia estar a vencer ao intervalo ??? Por alma de quem ?? Qual foi a única equipa na 1ª parte que criou ocasiões de golo e que entrou em campo pensando únicamente na vitória ? O Setúbal entrou muito forte e merecia o empate na 2ª parte ? Não merecia perder por 2 - 0 ????

Das 2 uma. Ou te puseram alguma coisa na bebida (o que não acredito muito pois já não é a primeira vez que fazes barbaridades destas), ou estás completamente parvinho. Tu sempre tiveste o nariz grande, e pelo que disseste ontem durante todo o jogo e mesmo após este, já todos sabemos porque é que ele é tão grande !!! E se continuas assim, vai continuar a crescer.

Estás a precisar de levar uns calduços do treinador da Naval para ver se acordas, pois já não era a primeira vez que viamos isso.

 

Pela verdade desportiva !

 

Viva o Benfica !

 

E Pluribus Unum !

 

Saudações Benfiquistas.

  

publicado por Potenza às 09:57
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

28
29
30


.posts recentes

. Depois do título, mais 2 ...

. O desespero dos rastejant...

. O grande senhor.

. Vasco Santos seguido de J...

. A minha deslocação à Luz.

. Mas nem tudo são rosas .....

. A estocada final !

. O que gostarias de ver di...

. À 3ª foi de vez !

. "Superdragay" Jorge Sousa...

.arquivos

. Abril 2014

. Novembro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

.links

.Sitemeter

.Contandor visitas

Contador de visitas
blogs SAPO

.subscrever feeds